Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Os universos...

07.04.11publicado por Gato Pardo

Existem momentos na vida de uma pessoa que são marcantes...

O primeiro beijo...Aquele idiota de bata branca que nos arranca à má fila da barriga da mãe e nos dá uma palmada no rabiosque (se te apanho, meu m*rdas, tás lixado!!!)...O desfolhar da primeira revista Gina...A primeira carga de porrada que se leva do gajo do quiosque por gamar a primeira revista Gina (tempos juvenis de austeridade económica, o que se há de fazer...)...E a primeira vez que um gajo é confrontado com todo um universo alternativo de coisas que as miúdas gostam mas a que um gajo não dá a mínima importância (a não ser que elas gostem de cerveja fresca, futebol, pornografia vietnamita em barda e humor...Aí a coisa ainda vá que não vá...)!

Após uma exaustiva investigação de alto índice científico (tretas...Dá muito trabalho e eu gosto é de esplanadas...) dei-me conta de que efectivamente o universo masculino e feminino são deveras diferentes (tipo, uma supernova e um buraco negro...Estão a ver mais ou menos o filme, certo?)...

Eis as primeiras conclusões...

 

- Velas de cheiro...As mulheres adoram velas...Não sei, pode despertar o piromaníaco dentro delas, causar desejo de incendiar metade da mata de Monsanto, ou simplesmente como passaram a madrugada a plantar morangos no Farmville precisam daquele aroma para as fazer sentir excelentes agricultoras...Os homens? Bem, à falta de isqueiro dá sempre jeito para acender um cigarro...Percentagem gay de um homem com velas de cheiro em casa? 0%...Porquê? São óptimas para disfarçar o bedum a tabaco quando a família vai lá a casa e assim eles sempre acham que estamos a atravessar uma fase zen da nossa vida e não que somos umas bestas quadradas...

 

- Um bom vinho...Bem, um bom vinho cria clima, coisa e tal, béu béu...Para as mulheres, pode ser o início de uma noite de romance, carregada de erotismo e sensualidade...No caso dos homens, o primeiro copo de vinho é a sentença de morte para o dito romance, erotismo e sensualidade...Os homens não sabem beber vinho...Simplesmente bebem...Percentagem gay de um homem com um copo de vinho na mão? Variável consoante a quantidade bebida e o conhecimento musical do mesmo...Se estiver a cair de podre e mesmo assim ser capaz de dançar o YMCA e cantar a Barbara Streisand, a coisa é de suspeitar...

 

- Pot Pourri...Esta tive mesmo de ir investigar...Uma jarra, pétalas secas e especiarias para perfumar o ar...Hum...BOOOOOOOORING!!!!

Epá, sou só eu ou esta descrição parece que deixaram cair o ADN da Bárbara Guimarães (jarra mesmo...Portugal até pode ter talento, já ela como apresentadora...Hum...) e da Betty Grafstein (não sei se algum dia aquilo foi uma pétala, mas que está bem seca, isso está...) num frasco de açafrão e deixaram a coisa ser comercializada como material de decoração?

As mulheres adoram isto...Os homens com tendências piromaníacas também...Há lá coisa melhor que assar um chouriço numa jarra destas regada com gasolina? Wonderful...Percentagem gay de um homem com estas jarras em casa? Se a casa for partilhada com uma mulher, 0%...Aliás, recomenda-se cautela porque um comentário mal esgalhado proporciona levar com a jarra na testa quase de certeza...Se morar sozinho, 50%...Pode ter sido a mãezinha a colocar aquilo na mesa da sala e um gajo ficar na dúvida se aquilo é comestível ou não, portanto deixa-se ficar...Se o homem souber o nome de todas as flores que compõem as pétalas daquilo, as diferentes especiarias e ainda guardar o recibo da loja onde comprou a jarra, very very gay...

 

O mundo esotérico é verdadeiramente imenso...Pessoalmente, eu sou mais pelo mundo enólogo, mas ok...

:)